terça-feira, março 31, 2009

Arre Burrinho para Santa Catarina A

Ana

Mariana

Lara

Margarida



Beatriz

Arre Burrinho para Santa Catarina C










Sardanisca, sardanisca
és tão pequenina,
pareces um lagarto
que chora como um pato!
És feliz ou infeliz, sardanisca pequenina? Beatriz

O burro feliz, carregado com um petiz foi à feira.

O petiz, caiu, partiu o nariz e ficou infeliz.

O burro não sabia que fazer e contou-lhe uma história para adormecer. Ana Rita

Falcão,
meu inimigo,
voas no alto
penas a cair e bico a picar.
Falcão,
meu inimigo,
no alto
do céu feroz e rápido. Márcia

O camaleão é um animal selvagem
que pode mudar de cor.
Pode mudar para:
verde, vermelho, amarelo, castanho...
Mudando de cor, os animais e as pessoas não o conseguem ver. Rafael

És a cobra;
rastejas,

andas na terra,

mordes,
mas não escreves.
Deitas a língua de fora
mas não significa nada. Jéssica

Não gosto nada de sardaniscas

porque não me deixam apanhá-las.

Mas é só por elas serem mais rápidas do que eu?

- Ai, ai, ai! Que vida a minha! Miguel


O cavalo é uma montada
muito bem formada.
Veloz que nem um veado,

por vezes nem os sentes debaixo do rabo.

Alguns tão peludinhos, tão fofinhos. Tomás

A sardinha anda sempre na piscina
mas a formiguinha trama sempre a sardinha. Francisco


O macaco sempre maluco,
em ramos,
a fazer palermices.

O chimpanzé dá-lhe murros, para o acalmar,
mas o macaco continua a fazer palermices. João Lucas

Tão macio que é, tão alto que é, quem será?
É tão carinhoso, tão amoroso, é muito bonito e alegre.
Dá saltos muito altos,
passeia e toma banho.
Carinhoso,

amoroso,

valente,

alto,

lindo,

o. Sara


A minhoca tonta era a que tinha mais sapatos:

de todas as cores e diferentes.

Quando os punha para lavar andava descalça,
ai que frio era aquele chão gelado!
Coitada da minhoca e dos seus pés!

Quando não tinha dinheiro deixava os pés em casa.


Vem aí a abelha,
ela só quer brincar.
Não tenham
medo dela, pois ela, para junto das outras vos vai levar. Daniela

Olha o elefante
que tem uma tromba tão grande...
Quando ele abana a tromba
eu fico assustada!
Mas além disso tudo
acho-o um animal engraçado. Cristina

Eu gosto do gato
porque faz carinhos,
é muito giro
e muito fofo.
Mas arranham.

As pessoas ficam com marcas e ficam todas
arranhadas. Marina

Um peixe nada debaixo de água,

tão depressa,

como se estivesse a jogar à apanhada.

Também é um bom amigo,
mas está sempre triste, no aquário. Daniela

Arre Burrinho para o Peso












A bezerra come palha,
se calha.
A bezerra come fava,
em casa.
A bezerra come farinha,
numa carrinha.
A bezerra é grande. Adriana

Marmotas
São feias porque uma cauda espalmada,
São feias porque têm uma cauda avariada,
são feias porque têm uma cauda marada. Diogo

Eu não gosto da cobra
porque é feia,
porque tem dentes afiados.
Eu gosto do cão
porque tem pêlo macio,
porque tem uma língua bonita,
porque tem um nariz engraçado. Margarida

Cobra feia,
cobra má,
cobra com dentes grandes,
cobra venenosa,
cobra verde,
cobra muito comprida,
cobra fininha
cobra com cabeça pequenina. Maria

Cobra que morde chama-se António,
cobra feia chama-se Manuel,
cobra com veneno chama-se Dinis,
cobra que come chama-se Manuel,
cobra que tem dentes chama-se Marco,
cobra que tem língua chama-se Lucas,
cobra que tem nariz chama-se Nuno.
Assim é a cobra. Miguel

Ratos
É nojento,
não gosto da cauda.
É tão nojento como o "porco espeto". Adriana

A abelha pica, faz dores,
as pessoas ficam com tremores.
São pequenas, têm um grande ferrão,
mas para as flores, as abelhas boas são. Mariana

A doninha fedorenta, à segunda-feira, manda bombas de lixo
que cheiram mal.
Na terça-feira aparece no hospital um bicho.
A doninha, na quarta-feira, manda bombas de ratos podres.
Na quinta-feira, as pessoas que cheirarem aquele cheiro
podiam ficar com tremores. Tremores. André

Olha lá ó cobra porque és tão comprida?
Olha lá ó cobra porque és tão feia?
Olha lá ó cobra porque não és igual a uma pessoa? Beatriz

Ó porco porque é que cheiras mal e estás sempre sujo?
És feio e só pensas em comida!
Quando te vejo estás a tentar partir a porta com o nariz.
Não te dói o nariz, pá? Simão

Se tu visses o que eu vi
à porta da minha escola,
uma cobra venenosa
a comer uma camisola.

Se tu visses o que eu vi
à porta da minha escola,
uma cobra feia
a lamber uma meia.

Cobra-não,
cobra-pão
cobra-cão,
cobra-limão. Rafael

O tubarão tem dentes grandes
e os olhos parecem diamantes.
Se um tubarão me faz mal
tenho de ir ao hospital.
Aquele tubarão
comeu o nosso capitão
(ai, agora o capitão foi comido e eu tinha uma estátua para lhe dar). João

Ouriço abelhudo
cabes dentro de um canudo.
- O ouriço à sexta-feira come sempre um charuto! Isaías

Arre Burrinho para São Clemente pequeno








Arre burrinho para Alvorninha
carregadinho de farinha.

Arre burrinho para o Zambujal
carregadinho de material.

Arre burrinho para a Cumeira da Cruz
Carregadinho com o menino Jesus.

Arre burrinho para S. Clemente
carregado de semente.

Arre burrinho para os Chãos
carregadinho com muitas mãos

Arre burrinho para Almofala
carregadinho com uma mala.

Arre burrinho para a Boavista
carregadinho com uma revista.

Arre burrinho para os Amiais
carregadinho de cereais.

Arre burrinho para o Casal da Achada
carregadinho com uma machada.

Arre burrinho para o Casal do Rodo
carregadinho com um polvo.

Arre burrinho para as Caldas da Rainha
carregadinho de massinha.

Arre burrinho para Santana
carregadinho de banana.



O cão é trapalhão, quer brincar,
caíu no chão.
O cão chama-se Dog,
vem ao pé de mim,
dá-me um beijinho se estamos no jardim.

O cão é animal.
Dá o coração à cadela
quando a vê à janela,
têm muitos filhinhos,
dão-lhe miminhos.

segunda-feira, março 30, 2009

Arre Burrinho para o Carvalhal Benfeito pequeno 1

Gata e gato
dentro de um sapato. Joana


O galo fugiu da capoeira
com medo da cozinheira. Gonçalo

O coelho come pão mole
debaixo de um lençol. David


A cabra montez
dá um pulo de cada vez. Carolina


O simpático sapo
limpa a boca com o guardanapo. Ana

A formiga rabiga
está com dor de barriga. Rui

Arre Burrinho para o Carvalhal Benfeito pequeno 2

O papagaio amarelo
escondeu-se no chinelo.

O camelo sorridente
está sempre dar ao dente. Rafael

O polvo bonacheirão
é amigo do tubarão. Tomás

A borboleta amarela
voou contra a janela. Jessica

A toupeira tonta
faz buracos sem conta.

O porquinho rosado
tem o focinho aleijado. Beatriz

A esbelta cegonha
está sempre com vergonha.

O feroz leão
foge com medo do cão. Pedro

O burro Barnabé,
salta e pula com um só pé. Filipe

O lindo periquito
não gosta do mosquito. Luís

A vaca malhada
come erva e mais nada. Iara

sexta-feira, março 27, 2009

sábado, março 21, 2009

21 DE MARÇO

Pato pateta vai fato,
torta, tarta, toalheta vai.
Tota, teto, feira de rato ó de verde, come cufartana,
podes ficar gordo de comer.
Zangado para casa de rato tonto,
tótó, tátá, tété, titi, tútú, choleta.
Inglesa usa fato, o patatola do leão, pára passarinho.
Senhores do fato, do rio do pato,
Os carros do senhor do pato,
vai de carro que cheirete.
De noite, sorriso para encher a barriga. Marco EB1 Alvorninha

quarta-feira, março 18, 2009

Dia do Pê de Pai

Amanhã, o nosso Arre Burrinho vai ser um pouco diferente. Vamos mostrar de quantas formas pode ser um pai a ser pai. É também uma forma de agradecer-mos a todos os que têm colaborado connosco.



Créditos:Isabel Martins (texto) e Bernardo Carvalho (ilustração); Editora Planeta Tangerina, 2008

quinta-feira, março 12, 2009

Alice Vieira - Semana Leitura BE da EBI de Santa Catarina

Semana da Leitura - Alice Vieira

Semana da Leitura - Escrita Criativa



Semana da Leitura - Conhecer quem Escreveu ( Vanda Marques)



Semana da Leitura - Arre Burrinho

Desses nove que ficaram foram amassar biscoito deu o tranglo-manglo neles ...

Um ponto somente | é este animal | que pouco se vê | e muito se sente

Tenho pena da girafa | de pescoço grandalhão: | - como é que a pobre se abafa, | tendo uma constipação?

Ia casar-se | uma barata tonta | com um redondo | bicho de conta

Semana da Leitura - Conhecer quem Escreveu (Inês Silva)

quarta-feira, março 11, 2009

Arre Burrinho pelo caminho

Arre Burrinho para São Clemente










Eu gosto das palavras:
peixe, cão, gato, golfinho,
galinha, frango, pato, peru,
pássaro, borboleta, família, computador.
Eu não gosto das palavras:
tubarão, aranha, bicho de contas, globo. Francisco

Gato fofo que não cheira a mofo,
gato engraçado que não é safado,
gato de patas pequenas que não conhece hienas,
gato divertido, gato querido. Márcia

Eu detesto macaco com o seu pêlo crescido,
eu detesto o macaco com a sua boca grande.
Eu detesto macaco. Nicole

Macaco, caco,
cogumelo, melo,
Dalila, lila,
cadela, dela,
catita, tita,
milita, lita. (?)

Não ssssssssssssssssssssssssssssssssssssssei,
não ssssssssssssssssssssssssssssssssssssssexta,
não ssssssssssssssssssssssssssssssssssssssábado,
não ssssssssssssssssssssssssssssssssssssssegunda.
Só sssssssssssssssssei o que não ssssssssssssssssssei. João

O tigre Pedro tem riscas castanhas,
o Francisco um saco de aranhas.
O tigre Pedro é de cor amarela,
O Francisco espreita pela janela.
O tigre Pedro é gordinho e feroz,
O Francisco come uma noz.
O tigre Pedro vive na floresta,
o Francisco dorme uma sesta. Rodrigo

Um tubarão vive no oceano durante todo o ano.
Perigoso, a dar dentadas nos humanos,
é um bicho mau, pior que um bacalhau. Marina

Uma tarântula com oito pernas
foi ter com alguns palermas.
Grande teia fez esta aranha,
grande como uma montanha.
Esta aranha anda por todo o lado,
cuidado! Valéria

Eu tenho um cão peludo
e o meu cão anda de canoa.
Caça patos e ratos,
na boa. João José

Pão, comilão, leão, balão, sabão, mandrião, avião, melão, joão, pião, capitão, pesadão, limão.
Pulmão.
Mão. João Ferreira

A aranha feia está na sua teia
e o que gosta de comer
são as moscas que estás a ver. Marta

Arre Burrinho para Santa Catarina pequena









A ovelha estava com o filhote,
estava solta.
O pai foi prendê-la e ela ficou tonta. Rui

A cadela do João gosta de comer pão. Diogo

O cão come chourição e também pão, quando lho dão. Leonardo

O meu cão chama-se Elsa,
mas não é um cão; é uma cadela e eu gosto muito dela. Leonardo Miguel

O gato come a espinha que o meu avô tira da sardinha. Guilherme

Sou uma menina e sou muito pequenina,
para crescer tenho de comer. Miguel

O gato bebe leite.
As donas dão leitinho,
o gato molha o bigodinho.

Quando têm fome põem-se a miar
e as donas dão comida para os alimentar. Madalena

A minha ovelha pequenina
quis saltar para o meio dos patos.
A minha mãe foi lá
e ela pôs-se aos saltos. Ana Rita

O leão come carne sem pão e dorme no chão. João Luís

Os coelhinhos da avó
vivem na coelheira
e quando estão contentes
metem-se na brincadeira. Joana

Arre Burrinho para o Casal da Marinha A










Pá, ouriço,
roda, copo,
bola, vaca,
vela, viola,
macaco, lupa,
balão, pé. João Tomás

O crocodilo é baixinho e pode comer as pessoas.
Ás vezes os crocodilos pequenos morrem. Rúben

O cão faz pão.
Se um dragão rebenta com o cão fica o pão
mas o dragão não o come.
O dragão não tem fome.
O cão morreu. David

O cavalo tem pêlo como o meu cabelo.
O meu cabelo é muito grande como um elefante.
O elefante é grande como um gigante.
O cavalo corre depressa
mas se calhar corre mais a Jéssica. David Patrício

Cão, pato, lobo,
macaco, livro, janela,
pota, copo, boneca. Rita

Arre Burrinho para Casal da Marinha B










O leão é tão cusco e mauzão como um tubarão. Gina

O Medo do Camelo
O meu camelo tem
medo de cobras, leões,
medo de carros e pratos de dados.

O Meu Camelo Gosta
O meu camelo gosta de sumos e bolos.
Dá grandes pulos. Mónica

Os Medos da Cobra
A cobra tem medo de crocodilos,
a cobra tem medo de todos os pássaros,
a cobra tem medo de leões,
a cobra tem medo de carapaus,
a cobra tem medo de tartarugas,
a cobra tem medo de macacos,
a cobra tem medo de árvores,
a cobra tem medo de pratos,
a cobra tem medo de loiras burras,
a cobra tem medo de vozes,
a cobra tem medo de fogueiras,
a cobra tem medo cadeiras. Paula Inácio

O cavalinho tem medo mas sabe guardar um segredo. Andreia

O Jaguar
A correr pela selva
lá vai o jaguar,
a correr como uma flecha
acabada de lançar.

Os macacos vão atrás dele
sempre com muita pressa
e vindo da palmeira
a cada um cai um coco na cabeça.

Para que o jaguar não vos faça mal
uma festinha lhe devem dar,
dar-vos-á um bilhete
para um passeio de barco à beira mar. Inês

Golfinho
A nadar pelas águas
límpidas e cristalinas,
nem o mar é tão limpo
como as salinas.

Para encontrar fêmeas
ele nada pelo mar,
não se cansa de nadar
mas alguns trambolhões pode dar.

Ai, meu golfinho és
tão, tão cinzento
como o nevoeiro lá no céu.
Salta, salta alto, ganha um troféu!

O Que Come o Meu Golfinho
O meu golfinho come peixe enlatado,
só come peixe enlatado, que hei-de fazer?
Outra coisa havia de comer.

Posso saber a peixe,
mas isso não sei,
nunca me provei,
nem nunca o desejei! Marlene

O leão tem uma boca grande como uma janela,
o leão tem umas patas como uma mala,
o leão é tão grande como uma parede,
o leão tem pêlo como um ouriço,
o leão tem dentes como uma afia.
o leão também pode ser tão magro como um quadro. Marcelo

O meu golfinho é um tubarão quando come como um cão. Catarina

O elefante é tão grande como um balão gigante,
o elefante é tão pesado como um avião,
o elefante é tão bom que me abraçou,
o elefante é tão mau que levou tau-tau,
o elefante é tão maricas que tem medo de coisitas pequenitas.
O elefante tem umas orelhas proporcionais. Ricardo

A girafa tem um pescoço grande como um golfinho. André

quarta-feira, março 04, 2009

Ciência Divertida - Coraline e os óculos 3D

c ABZ Editores e Distribuidores, Lda

c ABZ Editores e Distribuidores, Lda

Ainda a propósito do filme e do livro "Coraline" em 3D, deixamos-te aqui uma experiência que podes fazer em casa ou na escola. Depois de construíres estes óculos é só procurares imagens em 3D na net. Daqui para a frente vai ser tudo a três dimensões!

terça-feira, março 03, 2009

Semana da Leitura - Actividades

2 de Março
10:30 - Concurso Nacional de Leitura (participação na final distrital)

3 de Março
10:00 - Arre Burrinho (As Palavras Carregadinhas dos Poetas e as Rimas Primas)
Público Alvo: JI`s e 1º Ciclo

4 de Março
10:00 - Olimpíadas da Leitura (2ª eliminatória)
10:30 - Conhecer quem Escreveu ( Inês Silva)
Público Alvo: turmas do 9º ano

5 de Março
9:15 - Tempo de Ler (45m dedicados à leitura recreativa
Público-Alvo: comunidade educativa

6 de Março
10:30 - Conhecer quem Escreveu (Alice Vieira)
14:30 - Conhecer quem Escreveu (Vanda Marques)
Publico-Alvo: Pré-Escolar e 1º Ciclo

Tb.
Concurso "Vamos Fazer um Hino" (criação de um hino alusivo aos 15 anos da criação da EBI de Santa Catarina )

Concurso Escrita Criativa
Público-Alvo: 5º e 6º ano

Contar Histórias aos Colegas
Turmas do 6º e 7º ano contam uma história às turmas do 1º Ciclo

Sopa de Letras

Contadores de Histórias
Pais, avós e encarregados de educação estão convidados para contar uma história